DIA 19 DE JUNHO – DIA DO VIGILANTE

DATAS COMEMORATIVAS

 A segurança privada nasceu em 1820 nos Estados Unidos, quando Allan Pinkerton organizou um grupo de homens para dar proteção ao então presidente Abrahan Lincoln. Desse modo criou a primeira empresa de segurança privada do mundo, a Pinkerton’s.
No Brasil, as empresas surgiram nos anos 60, devido ao aumento de assaltos a instituições financeiras, com o objetivo de proteger patrimônios e pessoas e realizar transporte de valores. Desde então surgiram os trabalhadores em segurança privada, sob várias denominações, como os vigias, guardiões, rondantes, fiscais de pátio, fiscais de piso e similares, que atuam em estabelecimentos industriais, comerciais ou residenciais. Mas essa categoria conhecida genericamente por “vigilante”, só ganhou qualificação profissional a partir de junho de 1983, quando a segurança privada foi regulamentada através da lei 7.102.
Assim auxiliadas, as empresas prestadoras de serviços de segurança puderam padronizar as normas de constituição e funcionamento das empresas particulares que exploram serviços de segurança privada. Atualmente, existem no país cerca de duas mil empresas de segurança privada, que geram mais de quinhentos e oitenta mil postos de trabalho formais e diretos.
Porém, com o aumento da criminalidade, o número cresce dia-a-dia. No dia 1º de março de 1989, com sede em Brasília, foi fundada a Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores – Fenavist, com a função de estudar, defender e coordenar os interesses das categorias representadas pelos sindicatos das empresas de segurança transporte de valores e curso de formação de vigilantes. A Federação agrega trinta sindicatos regionais e duas associações de todo o país, e representa todas as empresas regulamentadas. Enquanto os Sindicatos representam diretamente as empresas dos estados e municípios, a Federação tem jurisdição nacional, congrega todos os sindicatos estaduais e, por sua vez, é filiada à Confederação Nacional do Comércio – CNC.
Os serviços de Segurança Privada só podem ser executados por empresas de segurança registradas no Ministério da Justiça através da Polícia Federal e que receberam o certificado de segurança e autorização para funcionamento, emitidos pelo Departamento da Polícia Federal. Também os funcionários, ou seja, os vigilantes dessa empresa deverão possuir o diploma do curso regular para esse exercício profissional. Devendo ter, ainda, o seu registro na carteira de trabalho pela referida empresa contratada.
O profissional “vigilante” não pode executar outras tarefas que não as próprias de segurança sob pena de prejudicar as tarefas de segurança às quais o mesmo está designado. Antes de contratar os serviços de vigilante, consulte o Sindicato do estado ou a Fenavist sobre a idoneidade e antecedentes.
           No dia 19 de junho aqui no Brasil é comemorado o Dia Nacional do Vigilante e nesta data fica aí quem é o vigilante no seu dia a dia.

Quem é o vigilante?
É aquele que…
Está de pé quando todos estão sentados,
Está acordado quando todos estão dormindo,
Está velando quando todos estão tranquilos,
Expõe-se ao risco quando todos estão sem perigo,
Vê a realidade quando todos estão sonhando,
Fala consigo próprio por não ter ninguém a lhe ouvir,
Ignora o sono quando todos dele desfrutam,
Está consciente quando todos estão inconscientes,
Vigia patrimônio alheio enquanto o seu está sem vigília,
Protege vidas enquanto a sua está desprotegida,
Tem um livro de ocorrência e uma caneta como seus defensores,
É humano e não tem direito de errar,Faz da observação ferramenta de sua proteção…Por acaso alguém lhe agradece quando o dia amanhece?
Alguém reconhece o bem que ele merece?
Ele é só um vigilante…
Nas palavras escritas pelo poeta Caetano Pavão, do Amapá, estão expressos os sentimentos de uma categoria que luta por seu reconhecimento.
Parabéns pelo seu dia companheiro!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: