SEGURANÇAS FICAM FERIDOS EM TENTATIVA DE ROUBO DE CARGA EM SÃO PAULO

                                                      NOTÍCIAS
Um roubo a um caminhão terminou com troca de tiros e dois seguranças de escolta armada baleados na altura do km 21 da rodovia Anhanguera, sentido interior, na divisa de Perus e Caieiras, na manhã do dia 22/08/2011- ( Segunda – feira). As informações são da Polícia Militar Rodoviária Estadual.
Por volta das 6h40, bandidos armados abordaram o motorista do caminhão carregado de produtos eletroeletrônicos e foram surpreendidos pela escolta armada que seguia atrás do veículo. Houve troca de tiros e o carro da escolta foi atingido por vários disparos.
Um dos seguranças foi baleado e outro foi levado pelos criminosos junto com o motorista do caminhão. O segurança foi encaminhado ao Hospital Regional de Osasco/SP – Brasil.
Mais tarde, por volta das 7h30, os policiais foram informados de que o outro segurança, levado pelos criminosos, havia sido encontrado baleado na altura do km 42 da rodovia dos Bandeirantes, região de Campo Limpo /SP. Ele foi socorrido ao Hospital de São Vicente, em Jundiaí.
O motorista do caminhão não havia sido encontrado até às 10h40 e a Polícia não soube informar o estado de saúde dos seguranças.
A ocorrência será registrada no 46º Distrito Policial, de Perus/SP.
Roubos 
A Rodovia Anhanguera, que liga a capital paulista ao norte do estado, é a estrada que concentra o maior número de roubos de cargas em São Paulo, de acordo com balanço do Sindicato das Empresas de Carga de São Paulo e Região.
Só no primeiro semestre deste ano foram 130 casos, o que representa 17,69% do total das 735 ocorrências registradas nas rodovias que cortam o Estado.
Uma justificativa dada pela polícia para o grande índice de roubo na Anhanguera é que a rodovia facilita fugas por causa das estradas secundárias. É também uma rodovia que liga São Paulo às principais cidades do interior, como Campinas, Ribeirão Preto e Franca.
Produtos alimentícios são o tipo de carga mais roubada. Dos 3.345 casos de assaltos a veículos de transporte de carga registrados pelo SETCESP nos seis primeiros meses de 2011, 834 eram de alimentos. Mas o tipo de carga roubada que teve maior crescimento percentual foi o de eletroeletrônicos. No primeiro semestre de 2010, foram 431 roubos de cargas deste gênero, mais ainda ficam na disputa os demais roubos como, cigarros, agrotóxicos e remédios.
Eu particularmente Agente de Segurança Privada  Paulo Mello já trabalhei nesta área e sei  que os profissionais que atuam nesta área ficam e  devem estar atento 24 Hs,  no código fonético internacional o famoso  QAP porque a qualquer momento podemos  ser surpreendidos pelo elemento surpresa, e o pior ainda é que os veículos de escolta destas empresas prestadoras de serviço não são blindados deixando-nos mais vulneráveis a ação criminosa.
Fonte: R7.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: