AS LANTERNAS

Existem vários tipos de lanternas, com formatos, tamanhos, forma de acionamento, tipo de alimentação (pilhas, baterias ou recarregável), preços e aplicações diferentes. Sendo assim, é necessário que o policial e o profissional de segurança conheçam alguns critérios para que possa fazer a seleção da ferramenta mais adequada às suas necessidades.

A lanterna, dependendo de seu tamanho, peso e do material em que é constituída, pode também ser usada como cassetete quando a intenção for a de empregar é a conhecida MAG-LIGHT, construída em alumínio, com cerca de 35 cm de comprimento e com peso de aproximadamente 300 gramas.

A lanterna Combat Light da SURE-FIRE é um modelo desenvolvido especificamente para ser utilizado em conjunto com a arma curta. Seu acionamento é feito por um botão na parte traseira da lanterna, o qual pode ser apertado com a palma da mão ou com o polegar. A lanterna ainda possui um cordão, que pode ser preso ao pulso da mão que segura a lanterna para que, no caso de se precisar soltá-la, não caia no chão.

A lanterna possui, dentro da atividade tática, cinco atividades.
ILUMINAR O LOCAL: Em local de pouca luminosidade, a luz da lanterna irá atuar no sentido de podermos verificar onde estamos,servindo para locais abertos (no meio da rua, em terreno vazio, no mato, etc) ou local fechado, dando condições para definir o tamanho do local, se há obstáculos (paredes,móveis,buracos, armadilhas, etc) ou se há pessoas próximas à nós. Irá ajudar em nosso deslocamento naquele lugar.
Identificar pessoas. Ao localizarmos uma pessoa, é necessário identificá-la corretamente e de forma rápida. Ao iluminarmos a pessoa com a lanterna, podemos ver quem é, e se está armada ou não. Não estaremos lidando apenas com um vulto, mas saberemos se trata-se de outro policial ou agente de segurança, de uma pessoa inocente ou de um marginal mal-intencionado.
AUXILIR NA PONTARIA: Dependendo do tamanho, do tipo e da forma da lanterna e de como iremos segurar a lanterna e arma o foco da lanterna acesa pode atuar da mesma forma que o apontador laser. Ao alinharmos a lanterna com o cano da arma, normalmente, em distâncias curtas (até 5 metros), teremos uma noção, pelo foco de luz concentrado, de onde está apontada a arma, tornando visíveis alça e massa de mira, facilitando o tiro semi-visado com o alinhamento do cano com o alvo.
COMO ARMA: Aqui podemos apresentar duas situações. Na primeira, dependendo do tamanho e do peso da lanterna, podemos utilizá-la como um cassetete, existindo até mesmo técnicas para imobilização de indivíduos agressivos com o auxílio da lanterna. Na segunda, em função da potência da lanterna, podemos utilizar sua luz para cegar momentaneamente o oponente.
Para sinalização. Podemos utilizar a lanterna para sinalizar um local de acidente ou a existência de um bloqueio utilizando-se de um acessório semelhante a um pequeno cone cor alaranjada, acoplado à lanterna, ou com o foco normal. Podemos ainda utilizar a lanterna para comunicação entre os policiais e profissionais de segurança, através de toques de luz ou utilizando filtros coloridos para mudar a cor da luz, estabelecendo assim códigos de comunicação, a lanterna mais conhecida para esse tipo de trabalho e comunicação e a famosa lanterna cotovelo.

Um dos cuidados que devemos ter quando utilizarmos a lanterna PE não ficar com ela acessa o tempo inteiro. A luz da lanterna serve como referencial de onde estamos. O bandido irá atirar contra a origem da luz, procurando nos acertar.
Alguns quesitos devem ser observar quando um policial ou agente de segurança vai selecionar sua lanterna.
POTÊNCIA: A lanterna tem que ter luz bastante forte. Deve ter capacidade de iluminar à frente (no mínimo 5 metros) e possuir foco concentrado. As novas lâmpadas de halôgeneo ou de xenon são bem mais potentes, iluminando melhor. Normalmente, lanternas que usam bateria de lítio iluminam melhor que as lanternas que empregam pilhas grandes. Se for potente o suficiente, pode cegar temporariamente uma pessoa que olhar diretamente para o facho de luz da lanterna.
PORTABILIDADE: O policial ou agente de segurança deve possuir uma lanterna que seja portátil. Na viatura policial, ou no veículo de segurança podem ser transportados faróis de busca portáteis ( no Brasil conhecidos como “siribim”) que são ligados ao acendedor de cigarros do veículo. Lanternas maiores também pode ser levadas na viatura. Mas e se o policial e agente de segurança precisar sair correndo atrás de um bandido, de noite? Terá tempo de apanhar a lanterna? Portanto, ele dever ser do tamanho adequado a ser transportada no cinturão do policial e agente de segurança ou em seu bolso. Além disso, todo policial ou agente de segurança deve ter a sua lanterna individual, pois pode ocorrer que policiais ou agentes de segurança trabalham em conjunto e tenham de se separar, ou então cada um realizar uma tarefa diferente em determinada situação. Ainda com relação ao tamanho, quanto menor for a lanterna, mais fácil será usá-la em conjunto com a arma.
FORMA DE ACIONAMENTO: A lanterna tem que ser ligada e desligada facilmente, de preferência através de um botão. As que são ligadas através do giro de uma parte da lanterna são de difícil acionamento e, normalmente, é preciso ajustar seu foco cada vez que é ligada.O botão de acionamento geralmente fica na parte superior, mas as que possuem o botão no fundo da lanterna, de forma a serem acionadas com a palma da mão, são as mais indicadas.
FORMA DE ALIMENTAÇÃO: As lanternas que funcionam com pilhas comum são mais fracas do que as que funcionam com baterias. Entretanto, pilhas são mais baratas e podem ser encontradas em qualquer lugar, ao passo que baterias são caras e só disponíveis em lojas especializadas. A lanterna de bateria recarregável pode ser mais cara, mas o custo final pode sair mais em conta, pois não será preciso comprar mais pilhas ou baterias.
PREÇO: As melhores lanternas para fins policiais e de uso na área de segurança são muito caras por serem importadas. Muita vezes é importante fazer o investimento, tendo em vista a qualidade. Lanternas muito baratas podem significar prejuízo, pois além de não iluminarem muito coisa, geralmente quebram logo.
Uma das marcas mais conhecidas de lanternas para uso policial é a norte-americana MAG-LITE, a qual possui um modelo muito utilizado em filmes policiais, que funciona com quatro pilhas grande e que, com seu peso e tamanho, pode ser empregada como cassetete. Esse modelo vem sendo substituído por lanternas mais portáteis e potentes. A mini MAG-LITE, a qual funciona com duas pilhas AA, é acionada girando-se a lanterna, o que dificulta seu manuseio.
Outra empresa estaduniense do ramo é a STREAMLIGHT, fabricante da SCORPION, a qual funciona com baterias de lítio e é acionada por botão localizado em sua parte traseira, e a STINGER, que funciona com baterias recarregáveis. São lanternas robustas e práticas.
A empresa do setor que mais se dedicou ao equipamento para fins militares ou policiais é a SURE-FIRE, que possui uma grande linha policial e tática de lanternas. O modelo CombatLight foi desenvolvido especificamente para ser utilizado empunhando-se a lanterna e arma ao mesmo tempo. Antes que discorramos sobre o fator potência, é conveniente definirmos o lumen. Lumen é uma medida de fluxo luminoso. A luz equivalente a uma vela acesa “vale” I Lúmen. Um CombatLight modelo 6p, por exemplo, possui potência de 65 lumens. A mesma CombatLight, do novo modelo MILLENNUM, tem uma potência de 300 lumens. Funcionam com baterias de lítio. Além disso, a SURE-FIRE possui lanternas que podem ser acolpladas a armas longas, e quase todos os grupos especiais sejam militares ou policiais utilizam lanternas SURE-FIRE em suas HK MP5 OU Colt M4.
Infelizmente, todo esse equipamento é importado e caro. Como solução, ou melhor, dando o chamado “jeitinho brasileiro” podemos utilizar lanternas encontradas facilmente em lojas de Caça e Pesca, ou até mesmo em hipermercados, das marcas Coleman, Ray-o-vac ou Eveready, algumas fabricadas no Brasil ou mesmo na China e que, apesar de não possuírem a potência ideal, têm realmente um preço bem mais acessível.
Fonte: Revista MAGNUM out/nov 2001.
Imagem: http://www.paintballexpress.com

3 Respostas to “AS LANTERNAS”

  1. PAULO MELLO Says:

    Trabalho a 15 anos na área de segurança privada e grande maioria no turno noturno, tenho muitos EPIs no meu cinturão mas a lanterna não pode faltar uma boa lanterna ajuda e bastante numa varredura de ambiente tanto aberto como fechado,a maioria das empresas de segurança privada fornecem lanternas de pouca luminosidade e de marcas não garantida para o tipo de serviço, por isso adquira você mesmo uma boa lanterna seja ela portátil ou grande com um bom farol de busca, ás vezes vale a pena você investir no material de apoio seu afinal de contas quem sabe de suas necessidades e proteção e você mesmo, porque as empresas só querem é lucro dos vigilantes.

  2. Sub Ten Herlan PMAP Says:

    Sou Instrutor de Técnicas de Abordagem Policial no Centro de Formação e Aperfeiçoamento da Policia Militar do Amapá e tenho na minha grade de instruçoes o tema Ações Policiais em Ambiente de Baixa Luminosidade.
    Infelizmente este é um assunto ainda pouco explorado, considerando sua importância na atividade policial diária.
    Aproveito para parabenizar pela matéria
    Selva!!!

    • Guerreiro,SELVA ! Fico agradecido e feliz em puder ter passado essa matéria e ajudado com um pouco de informação aos profissionais da segurança pública pois sei que no serviço policial e na vigilância a necessidade de uma boa iluminação no serviço noturno nos ajuda e muito principalmente nas técnicas operacionais de abordagem e varredura. Apesar de estar prestando serviço no serviço de segurança privada tenho uma grande estima pelo trabalho da segurança pública principalmente dos policiais militares que táticamente precisam deste acessório tão importante por este motivo desejo que o treinamento de ações policiais em ambiente de baixa luminosidade sejam um sucesso, e como se diz ” QUANTO MAIS SUOR DERRAMADO EM TREINO, MENOS SANGUE EM COMBATE”. SELVA GUERREIRO, AVANTE E VENÇA.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: