SAIBA COMO E POR QUE NASCEU A PEC 37

Posted in LEGISLAÇÃO / NORMAS on 25/06/2013 by SEGURANÇA PRIVADA DO BRASIL

LEGISLAÇÃO 

Precisamos da polícia ombreada e unida totalmente
com o ministério público para combater essa maldita
praga da corrupção. Por isso, diga não à PEC 37
O
que era apenas uma “ação entre amigos” por parte dos delegados de polícia
federal e  civis , acabou se
transformando em um debate nacional que está levando milhares de pessoas
indignadas  às ruas de todos os estados
brasileiros.
A
PEC 37 , que proíbe o ministério público e outros instrumentos atuais de
investigação, tais como o COAF, Receita Federal e muitos outros, foi engendrada
pela ADPF – Associação dos delegados de polícia Federal  e ADEPOL- Associação dos Delegados de Polícia
do Brasil ,apenas para que fosse exponenciado o poder pessoal e corporativo
dessa categoria, de duvidosa utilidade real para o sistema de segurança pública
do país, o qual ,sob o “comando” deles está a beira do colapso total.
Os
delegados lobistas dessas entidades de classe procuraram os deputados federais
que são também delegados de polícia e esses passaram a ideia da PEC 37 para
dezenas de deputados de foram, são e estão em vias de serem processados
criminalmente por denúncia exclusiva do ministério público, sendo que entre
esses deputados “apoiadores” da PEC 37, 
alguns possuem um histórico de processos criminais dignos dos mais
proeminentes criminosos  mafiosos do
país, sendo que um deles, até procurado pela Interpol é.
Assim,
o desejo de poder dos delegados de polícia, e o temor dos deputados acusados de
crime por iniciativa do MP , acabaram criando um grupo lobista que passou a
defender a famigerada PEC 37 , como se fosse a “defesa” da própria vida.
O
que esse grupo de lobistas favoráveis à PEC 37 não contaram e desprezaram foi a
capacidade de indignação de algumas categorias policiais e também  agora a revolta da própria população contra
essa  tática pessoal de preservação da
impunidade e ampliação de um poder completamente desnecessário , separatista e
mesquinho, do ponto de vista cívico, protagonizado pelos delegados de polícia.
Os
primeiros a se levantarem publicamente contra a PEC 37 foram os  Agentes , Papiloscopistas e Escrivães da
Polícia Federal que comunicaram a manobra do lobby dos delegados para a
aprovação da PEC 37 aos os membros do ministério publico federal e estaduais e
a partir dai iniciou-se uma luta contra a intenção nefasta da tentativa de
retirada do MP das investigações, justamente em um país que , não é de hoje, é
assolado de forma cruel pela corruptos e corruptores.
A
manobra insana dos delegados de polícia e políticos de fama duvidosa, ganhou a
ajuda imediata de grandes corruptores e corruptos, principalmente daqueles que
foram, são e com certeza sabem que serão, alvos da ação investigativa do
ministério público e por entenderem que é muito mais fácil fazerem pressão de
várias formas em um delegado de polícia do que em um membro do ministério
público que possuem autonomia legal para atuarem, diferentemente dos delegados
que são facilmente pressionados pelos governadores, secretários de segurança,
no caso dos estaduais e pelos ministros e presidente da república no caso dos
federais.
A
queda de braço passou a ser entre os delegados de polícia e alguns políticos
suspeitos de um lado e agentes , papiloscopistas e escrivães  federais , membros do ministério público do
outro e políticos honestos do outro.
O
deputado federal  Paulo Salim Maluf
defende a PEC 37 . O senador  Pedro Simon
é contra a PEC 37 . Veja a vida pública de cada um e assim poderá sentir como
está se dando essa “disputa” política dentro do congresso nacional.
A
OAB – Ordem dos Advogados do Brasil , precipitadamente saiu em defesa da
aprovação da PEC 37 e para tomar essa importante posição , erroneamente, não
consultou os milhares de advogados de todo o país , já que muitos advogados são
terminantemente contra essa proposta de emenda constitucional que pretende  engessar a atuação do MP principalmente
contra a corrupção , muitos são contra e deixam isso claramente em entrevistas
e depoimentos nas redes sociais. Os grandes juristas do Brasil que influenciam
sobre maneira os destinos da OAB , com certeza pressionaram de forma terrível,
e a OAB, que sempre esteve ao lado do povo , principalmente nas questões de
honra  contra a corrupção, agora está
contra o povo pela primeira vez. Um erro que ainda pode ser corrigido, já que
até delegados deputados que apoiavam abertamente a PEC 37, agora já começam a
fazer discurso contra, como é o caso do deputado Francisquini e Protógenes
Queiroz. Ainda não é tarde para a “mudança sadia” de opinião.
Finalizando
alerto que para aqueles que acham que não, que o debate sobre a utilidade
cívica ou não da PEC 37 deve ser mais amplo e o soberano povo brasileiro que
antes de forma parva assistia a tudo calado, agora despertou para participar de
debates dessa magnitude e já colocou milhares e milhares de pessoas contra a
PEC 37 que chama da PEC da IMPUNIDADE.
Espero
que o ex- parvo povo brasileiro faça dessas movimentações públicas uma pratica
recorrente para sempre se opor contra a corrupção, os corruptos e
principalmente contra os corruptores, desde que o faça de maneira ordeira e
pacífica para não se tornar criminosos nos moldes dos que combate.
Que
o povo brasileiro tenha despertado para valer e se lembre dessa noção política
adquirida, não só nas passeatas de ruas, mas também e principalmente na hora de
votar, já que é muito mais fácil combater os corruptos e ajudar o Brasil
votando mais corretamente .
Todo
poder emana do povo e em seu nome será exercido. Isso está escrito na nossa
Constituição Federal  e universalmente
todos sabem que a voz do povo é a voz de Deus.
A
PEC 37 é nefasta para o combate a corrupção em nosso país. Precisamos da
polícia ombreada e unida totalmente com o ministério público para combater essa
maldita praga da corrupção. Aprovando uma emenda constitucional que divorcia
essas duas entidades é lutar ao lado do errado contra o bem maior que é a nossa
nação. DIGA NÃO À PEC 37 !
Matéria: Francisco
Carlos Garisto publicada em: 24/06/2013

CÂMARA ESTUDA LIBERAÇÃO DA COMPRA DE ARMAS

Posted in LEGISLAÇÃO / NORMAS on 15/06/2013 by SEGURANÇA PRIVADA DO BRASIL
LEGISLAÇÃO E NORMAS 

Proposta em discussão nas comissões permite a venda para qualquer brasileiro com 25 anos ou mais, sem antecedentes criminais. Porte de armas continuará restrito

A Câmara estuda uma proposta
de revogar o Estatuto do 
Desarmamento, existente
desde 2003 e que restringiu e dificultou a venda e o porte de armas para civis.
Deputados se preparam para colocar em pauta na Comissão de Relações Exteriores
e Defesa Nacional, ainda antes do recesso parlamentar de julho, um projeto que
visa facilitar a compra de armas no país para autodefesa.

O artigo 35 do Estatuto do
Desarmamento trazia a possibilidade de proibição total de compra e porte de
armamento para civis. Para isso acontecer, era preciso fazer uma consulta à
população. Em 2005, um referendo realizado em todo país manteve a possibilidade
da venda de armas e munições no Brasil dentro das restrições previstas. Na
época, 64% dos eleitores rejeitaram a restrição por completo. Adaptar à
legislação à vontade da população é o argumento usado agora para revogar o
estatuto.
De autoria do deputado
Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC), o projeto altera os critérios para
aquisição de armas, suprimindo a obrigação de comprovar “a efetiva
necessidade”, como exige a legislação em vigor. As regras para a cassação do
direito de porte de armas são semelhantes às atuais, e a fiscalização ficará a
cargo dos órgãos policiais dos estados e do Distrito Federal, sob supervisão do
Departamento de Polícia Federal, por intermédio do Sistema Nacional de Armas
(Sinarm). Apesar de facilitar a compra de armas, a proposta mantém o porte
restrito.
Para portar uma arma de
fogo, será necessário, segundo o projeto, ter no mínimo 25 anos e não possuir
nenhum antecedente criminal. Será preciso ainda fazer antes um treinamento de
manuseio e tiro, além de não poder responder a processos criminais. O porte de
arma sem autorização será considerado crime. “Acredito que a pessoa, para ter o
porte de arma, precisa ter maturidade.  É preciso uma pessoa madura
para que ela tenha equilíbrio psicológico e não coloque, de forma irresponsável
ou aleatória, em risco a vida de outras pessoas”, diz o relator da proposta na
Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara, Cláudio Cajado
(DEM-BA).
Atualmente, a concessão e
renovação do porte de arma e a fiscalização cabem ao Sinarm. “Acho que o porte
tem que ter critérios e regras bem estabelecidos na lei para que a pessoa possa
ter o direito a portar a arma. Mas o registro não pode ser tão restritivo como
é hoje. Atendidos os pré-riquisitos que a lei prevê, aí qualquer cidadão poderá
adquirir a sua arma e tê-la em casa, mas não para transportá-la consigo”,
explica Cajado.
Direito e restrição
O deputado baiano defende
a aprovação do texto com a premissa de assegurar “o direito universal à posse
de armas”, ao mesmo tempo em que restringe o porte. “O Estatuto do Desarmamento
foi feito para que o referendo ratificasse todo o entendimento de que não
deveria haver arma protegendo o cidadão. Só que, como o referendo disse não ao
estatuto e consequentemente ao desarmamento, nós ficamos com uma vacância
legislativa. Ou seja, há um descompasso entre a vontade da população e as ações
do governo. O governo tenta de todas as formas obstaculizar esse desejo, essa
vontade expressada nas urnas pelo plebiscito”, justifica o deputado.
Cajado também defende a
substituição da lógica da desvalorização da vida e do fomento da insegurança ao
favorecer a autodefesa dos cidadãos, o que dificultará a ação criminosa. “A
existência de parcela da sociedade apta a defender suas vida e propriedade, na
ausência eventual de agente do poder público que o proteja, desestimulará os
delinquentes de agredirem os interesses juridicamente protegidos, ao atacarem
indistintamente as pessoas de bem”, argumenta.
Votação
O tema é considerado
polêmico entre deputados. Especialmente quando outros assuntos relacionados à
violência e à segurança pública estão sendo discutidos, como a redução da
maioridade penal. Desde a entrada em vigor, em 1º de janeiro de 2004, o
Estatuto do Desarmamento já foi modificado quatro vezes. Em boa parte, para
ampliar as categorias profissionais que podem ter acesso ao porte de armas. Em
2004, por exemplo, ficaram autorizados os integrantes de guardas municipais de
cidades com mais de 50 mil habitantes. Em 2007, entraram integrantes das
carreiras de auditoria da Receita Federal de auditoria fiscal do Trabalho, além
dos demais auditores fiscais e dos analistas tributários.
“É uma proposta muito
polêmica. Temos que reservar uma sessão só para ela. Mas vamos analisar e
colocar em votação assim que der, possivelmente mais para o fim do mês”, afirma
o presidente da Comissão de Relas Exteriores, Nelson Pellegrino (PT-BA). Uma
vez aprovado, o texto ainda será analisado pelas comissões de Segurança Pública
e Combate ao Crime Organizado e de Constituição e Justiça antes de ser votado
em plenário.

O relator reconhece o
caráter controvertido do projeto. “Este é o projeto mais polêmico em discussão
na Câmara atualmente. Acredito que vai ser um grande debate ainda, apesar de eu
ter tentado ao máximo aprofundar a discussão sobre armamentos e munições”,
acrescenta Cajado, que entregou o seu relatório à comissão na semana passada.

Matéria:
Mariana Haubert   publicada:12/06/2013 

DICAS DE SEGURANÇA DA INTERNET

Posted in DICAS DE SEGURANÇA on 09/06/2013 by SEGURANÇA PRIVADA DO BRASIL
DICAS DE SEGURANÇA 
Quando
você sai de casa, certamente toma alguns cuidados para se proteger de assaltos
e outros perigos existentes nas ruas. Na internet, é igualmente importante
colocar em prática alguns procedimentos de segurança, já que golpes, espionagem
e roubo de arquivos ou senhas são apenas alguns dos problemas que as pessoas
podem ter. É para ajudá-lo a lidar com isso mostraremos
 a
seguir quinze dicas importantes para você manter sua segurança na internet e em
seu computador.
 ( VEC Sistemas Soluções Tecnológicas)

1 –
Desconecte-se usando Logout, Sair ou equivalente:
Ao
acessar seu webmail, sua conta em um site de comércio eletrônico, sua página no
orkut, seu home banking ou qualquer outro serviço que exige que você forneça um
nome de usuário e uma senha, clique em um botão/link de nome Logout, Logoff,
Sair, Desconectar ou equivalente para sair do site. Pode parecer óbvio, mas
muita gente simplesmente sai do site fechando a janela do navegador de internet
ou entrando em outro endereço. Isso é arriscado, pois o site não recebeu a instrução
de encerrar seu acesso naquele momento e alguém mal-intencionado pode abrir o
navegador e acessar as informações de sua conta, caso esta realmente não tenha
sido fechada devidamente. Esta dica é válida principalmente em computadores
públicos (da faculdade, por exemplo).
Não
utilize senhas fáceis de serem descobertas, como nome de parentes, data de
aniversário, placa do carro, etc. Dê preferência a sequências que misturam
letras, números e até mesmo símbolos especiais. Além disso, não use como senha
uma combinação que tenha menos que 6 caracteres. O mais importante: não guarde
suas senhas em arquivos do Word ou de qualquer outro programa. Se necessitar
guardar uma senha em papel (em casos extremos), destrua-o assim que decorar a
sequência. Além disso, evite usar a mesma senha para vários serviços.

2 –
Crie senhas difíceis de serem descobertas:
Não
utilize senhas fáceis de serem descobertas, como nome de parentes, data de
aniversário, placa do carro, etc. Dê preferência a sequências que misturam
letras, números e até mesmo símbolos especiais. Além disso, não use como senha
uma combinação que tenha menos que 6 caracteres. O mais importante: não guarde
suas senhas em arquivos do Word ou de qualquer outro programa. Se necessitar
guardar uma senha em papel (em casos extremos), destrua-o assim que decorar a
sequência. Além disso, evite usar a mesma senha para vários serviços.


3 –
Mude a senha periódicamente:
Além
de criar senhas difíceis de serem descobertas, é essencial mudá-las
periodicamente, a cada três meses, pelo menos. Isso porque, se alguém conseguir
descobrir a senha do seu e-mail, por exemplo, poderá acessar as suas mensagens
sem que você saiba, apenas para espioná-lo. Ao alterar sua senha, o tal espião
não vai mais conseguir acessar as suas informações.
4 –
Use navegadores atuais:
Usar
navegadores de internet atuais garante não só que você consiga acessar
tecnologias novas para a internet, como HTML5, mas também conte com recursos de
segurança que combatem perigos mais recentes, como sites falsos que se passam
por páginas de banco, por exemplo. Além disso, navegadores atualizados
geralmente contam com correções contra falhas de segurança exploradas em
versões anteriores. Por isso, sempre utilize a última versão disponível para o
seu navegador. Se você não tem paciência para isso, verifique se o seu browser
possui atualização automática, recurso existente no Firefox e no Google Chrome,
por exemplo.

5 –
Cuidado com Downloads:
Se
você usa programas de compartilhamento ou costuma obter arquivos de sites
especializados em downloads, fique atento ao que baixar. Ao término do
download, verifique se o arquivo possui alguma característica estranha, por
exemplo, mais de uma extensão (como cazuza.mp3.exe), tamanho muito pequeno ou
informações de descrição suspeitas, pois muitas pragas digitais se passam por
arquivos de áudio, vídeo, foto, aplicativos e outros para enganar o usuário.
Além disso, sempre examine o arquivo baixado com um antivírus.
Também
tome cuidado com sites que pedem para você instalar programas para continuar a
navegar ou para usufruir de algum serviço. Ainda, desconfie de ofertas de
softwares “milagrosos”, capazes de dobrar a velocidade de seu
computador ou de melhorar sua performance, por exemplo.
6 –
Atente-se ao usar programas de bate papo, como MSN Messenger, Google Talk,
Facebook, entre outros.
É
comum encontrar vírus que exploram serviços de mensagens instantâneas, tais
como o Windows Live Messenger (antigo MSN Messenger), AOL Instant Messenger
(AIM), Yahoo! Messenger, entre outros. Essas pragas são capazes de, durante uma
conversa com um contato, emitir mensagens automáticas com links para vírus ou
outros programas maliciosos. Nessa situação, é natural que a parte que recebeu
a mensagem pense que seu contato é que a enviou e clica no link com a maior boa
vontade.
Mesmo
durante uma conversa, se receber um link que não estava esperando, pergunte ao
contato se, de fato, ele o enviou. Se ele negar, não clique no link e avise-o
de que seu computador pode estar com um malware.

7 –
Cuidado com e-mails falsos:
Recebeu
um e-mail dizendo que você tem uma dívida com uma empresa de telefonia ou
afirmando que um de seus documentos está ilegal?
Ou,
ainda, a mensagem te oferece prêmios ou cartões virtuais de amor? Te intima
para uma audiência judicial? Contém uma suposta notícia importante sobre uma
personalidade famosa? Pede para você atualizar seus dados bancários? É provável
que se trate de um scam, ou seja, um e-mail falso. Se a mensagem tiver textos
com erros ortográficos e gramaticais, fizer ofertas tentadoras ou informar um
link diferente do indicado (para verificar o link verdadeiro, basta passar o
cursor do mouse por cima dele, mas sem clicar), desconfie imediatamente. Na
dúvida, entre em contato com a empresa cujo nome foi envolvido no e-mail.

8 –
Evite sites de conteúdo duvidoso:
Muitos
sites contêm em suas páginas scripts capazes de explorar falhas do navegador de
internet. Por isso, evite navegar em sites pornográficos, de conteúdo hacker ou
que tenham qualquer conteúdo duvidoso, a não ser que você tenha certeza de
estar navegando em um ambiente seguro

9 –
Cuidado com anexos de e-mail:
Essa
é uma das instruções mais antigas, mesmo assim, o e-mail ainda é uma das
principais formas de disseminação de malwares. Tome cuidado ao receber
mensagens que te pedem para abrir o arquivo anexo (supostas fotos, por
exemplo), principalmente se o e-mail veio de alguém que você não conhece. Para
aumentar sua segurança, você pode checar o arquivo anexado com um antivírus,
mesmo quando estiver esperando recebê-lo de alguém.

10 –
Atualize seu Anti-Vírus:
Muita
gente pensa que basta instalar um antivírus para o seu computador estar
protegido, mas não é bem assim. É necessário atualizá-lo regularmente, do
contrário, o antivírus não saberá da existência de vírus novos. Praticamente
todos os antivírus disponíveis permitem configurar atualizações automáticas. Verifique
nos arquivos de ajuda do software ou no site do desenvolvedor como realizar as
atualizações.
11 –
Cuidado ao fazer compras na internet ou usar sites de bancos:
Fazer
compras pela internet é uma grande comodidade, mas só o faça em sites de venda
reconhecidos. Caso esteja interessado em um produto vendido em um site
desconhecido, faça uma pesquisa na internet para descobrir se existe
reclamações contra a empresa. Um bom serviço para isso é o site Reclame Aqui.
Ao
acessar sua conta por meio da internet, também tenha cuidado. Evite fazer isso
em computadores públicos, verifique sempre se o endereço do link é mesmo o do
serviço bancário e siga todas as normas de segurança recomendadas pelo banco.
12 –
Atualize seu sistema operacional:
O
Windows é o sistema operacional mais usado no mundo e quando uma falha de
segurança é descoberta nele, uma série de pragas digitais podem ser
desenvolvidas para explorá-la. Por isso, sempre o mantenha atualizado. Você
pode fazer isso procurando a opção Windows Update no sistema operacional. Para
não ter que se preocupar com isso, você pode habilitar a funcionalidade de
atualização automática.
Note
que utilizar uma versão “pirata” do sistema operacional também é um
risco, afinal, softwares nesta condição podem não contar com todas as
atualizações e recursos de segurança do desenvolvedor.
Se
for usuário de outro sistema operacional, como Mac OS ou alguma distribuição
Linux, saiba que essas dicas também são válidas, pois falhas de segurança
existem em qualquer plataforma, mesmo naquelas mais protegidas..
13 –
Não responda a ameaças, provocações ou intimidações:
Se
você receber ameaças, provocações, intimidações ou qualquer coisa parecida pela
internet, evite responder. Além de evitar mais aborrecimentos, essa prática
impede que o autor obtenha informações importantes que você pode acabar revelando
por causa do calor do momento. Se você perceber que a ameaça é séria ou se você
se sentir ofendido, mantenha uma cópia de tudo e procure orientação das
autoridades locais.
14 –
Não revele informações importantes sobre você:
Em
sites de bate-papo (chat), no Facebook, no Twitter ou em qualquer serviço onde
um desconhecido pode acessar suas informações, evite dar detalhes da escola ou
da faculdade que você estuda, do lugar onde você trabalha e principalmente de
onde você mora. Evite também disponibilizar dados ou fotos que forneçam
qualquer detalhe relevante sobre você, por exemplo, imagens em que aparecem a
fachada da sua casa ou a placa do seu carro. Nunca divulgue seu número de
telefone por esses meios, tampouco informe o local em que você estará nas
próximas horas ou um lugar que você frequenta regularmente. Caso esses dados
sejam direcionados aos seus amigos, avise-os de maneira particular, pois toda e
qualquer informação relevante sobre você pode ser usada indevidamente por
pessoas mal-intencionadas, inclusive para te localizar.
15 –
Cuidado a fazer cadastrados:
Muitos
sites exigem que você faça cadastro para usufruir de seus serviços, mas isso
pode ser uma cilada. Ora, se um site pede o número do seu cartão de crédito sem
ao menos ser uma página de vendas, as chances de se tratar de um golpe são
grandes. Além disso, suas informações podem ser entregues a empresas que vendem
assinaturas de revistas ou produtos por telefone, por exemplo. Ainda, seu
e-mail pode ser inserido em listas de SPAM.
Por
isso, antes de se cadastrar em sites, faça uma pesquisa na internet para
verificar se aquele endereço tem registro de alguma atividade ilegal. Avalie
também se você tem mesmo necessidade de usar os serviços oferecidos pelo site.
Finalizando

Se
proteger no “mundo virtual” pode ser um pouco trabalhoso, mas é
importante para evitar transtornos maiores. A maioria dos golpes e das
“ciladas” pode ser evitada se o usuário estiver atento, por isso é
recomendável praticar as dicas mencionadas nesta página.

Fonte de pesquisa:http://www.vecsistemas.com

BANDIDOS ROUBAM CAIXA E FAZEM ARRASTÃO EM AGÊNCIA BANCÁRIA DE CURITIBA

Posted in NOTÍCIAS on 23/05/2013 by SEGURANÇA PRIVADA DO BRASIL


NOTÍCIAS 
Três
bandidos armados roubaram o caixa de uma agência popular do Banco do Brasil na
Rua Francisco Derosso, no bairro Xaxim, em Curitiba, no início da tarde desta
segunda-feira (22). Além de levar o dinheiro, os marginais fugiram com os
celulares de todos os clientes presentes no estabelecimento comercial.
Policias
Militares do 20° Batalhão fizeram o Boletim de Ocorrência que será encaminhado
à Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba (DFR) que investiga o caso. Os
marginais fugiram do local em um carro escuro

EMPRESAS DE SEGURANÇA INOVAM PARA LUCRAR COM GRANDES EVENTOS NO BRASIL

Posted in SEGURANÇA PRIVADA on 23/05/2013 by SEGURANÇA PRIVADA DO BRASIL

SEGURANÇA PRIVADA 
Os
eventos mundiais que o Brasil vai sediar abrem espaço para a indústria da
segurança privada lucrar com tecnologias cada vez mais arrojadas. Por US$ 100
milhões, o governo pode adquirir todo o equipamento de segurança exigido para
eventos como a Copa das Confederações, mas costuma alugá-lo por até um terço
deste valor, de acordo com o CEO da Smiths Detection, Danilo Dias, responsável
pelo aparato da Rio+20 (2012), dos Jogos Pan-Americanos no Rio de Janeiro
(2007) e da Copa do Mundo da FIFA na Alemanha (2006).As tecnologias variam do
clássico scanner de metais a detectores de armas químicas e biológicas. O
espectômetro, um instrumento óptico, é um dos exemplos: detecta mais de 30 mil
substâncias, como drogas e narcóticos, incluindo ameaças biológicas. Um equipamento
portátil, da marca Radseeker, é capaz de identificar sinais radioativos no
entorno dos eventos. A Smiths Detection utilizou mais de 200 unidades deste
tipo de aparelho na Olimpíada de Atenas, em 2004.
Outro
aparato é um instrumento de raio X capaz de controlar um grande fluxo de
objetos.Ele escaneia até 1,8 mil unidades por hora, e é muito usado na revista
de malas nos aeroportos.
Investimentos

Somente
em segurança pública, o investimento federal estimado de três grandes eventos
brasileiros – Copa das Confederações 2013, Mundial da FIFA (Federação
Internacional de Futebol) de 2014 e Jornada Mundial da Juventude – será de R$
1,17 bilhão, informou a Secretaria Extraordinária de Segurança em Grandes
Eventos. Somente no Mundial de 2014, por exemplo, o investimento total em
segurança é estimado em R$ 1,879 bilhão. Fica a cargo dos governos estadual e
federal o controle de acesso aos locais dos eventos, como estádios, aeroportos
e terminais de passageiros, onde prevalecem os detectores de metal.
Na
Copa das Confederações, a FIFA divide com o governo a responsabilidade pela
segurança nas seis cidades-sede (Brasília, Fortaleza, Recife, Belo Horizonte,
Salvador e Rio de Janeiro), entre 15 e 30 de junho. Os magnetômetros de mão,
conhecidos como “raquetes” devido ao formato portátil, foram adquiridos pela
FIFA para detectar metais, armas ou detonadores em pessoas e objetos. Aparelhos
de raios-x, scanners de veículos e câmeras de vigilância de alta definição, que
identificam pessoas em meio a multidões, também integram o aparato fornecido
pela segurança privada.
A
entidade contratou seis empresas brasileiras de vigilância para preservar áreas
próximas ao evento – como estádios, hotéis que hospedam as delegações e centros
de treinamento –, mas não divulga o investimento que desembolsou, nem as
empresas envolvidas.
Cerca
de 15 mil agentes privados de segurança, contratados pela FIFA, farão a
vigilância das instalações do evento junto a três mil homens das polícias e
exército. No Mundial de 2014, a estimativa é que o efetivo dobre de tamanho.

Mercado brasileiro

Segundo
a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança
(ABESE), o mercado de segurança privada no País movimentou mais de US$1,96
bilhão em 2012, um crescimento de 9% ante o ano anterior. Este aumento deve
chegar a 11% em 2013, acredita a presidente da entidade, Celma Migliori.
Fonte:
IG

BRASIL LIDERA MERCADO DE SEGURANÇA PRIVADA DAS AMÉRICAS

Posted in SEGURANÇA PRIVADA on 10/03/2013 by SEGURANÇA PRIVADA DO BRASIL

SEGURANÇA PRIVADA
O
Brasil lidera o mercado de segurança privada na América Latina, segundo estudo
divulgado recentemente pela Organização dos Estados Americanos (OEA) sobre o
setor nas Américas. Ao detalhar a pesquisa, informa que o Brasil tem cerca de
2.900 empresas de segurança e um efetivo de 1.675.415 profissionais.
Para
José Adir Loiola, presidente do Sindicato das Empresas de Segurança Privada do
Estado de São Paulo (SESVESP), é preciso analisar melhor os números, pois
diferem do que é registrado no Brasil. “Não sabemos quais os tipos de empresas
e profissionais estão contabilizados neste levantamento, pois os números
divergem dos que temos da Polícia Federal, que controla o segmento”.

De
acordo com os dados oficiais brasileiros, o País possui atualmente cerca de 1.500
empresas de segurança privada e 540 mil vigilantes habilitados. Loiola ressalta
que, mesmo com essa diferença, o estudo não erra ao apontar o potencial
brasileiro para o mercado da segurança privada. “O Brasil é um dos poucos
países que possuem a atividade regulamentada e fiscalizada e um dos únicos que
geram tanto emprego na atividade”.
Em
2011, o Small Arms Survey, levantamento produzido anualmente por pesquisadores
suíços, apontou o Brasil como o 5° maior mercado de segurança privada no mundo
em número de vigilantes. Pelo estudo, o Brasil perdia apenas para a Índia (7
milhões), China (5 milhões), Estados Unidos (2 milhões) e Rússia (800 mil).

Perspectivas

Está
em análise do Ministério da Justiça o Estatuto da Segurança Privada, projeto
que propõe a atualização da lei vigente (7.102/83). Se aprovado, novas
oportunidades de negócios e empregos formais podem surgir, já que o documento
prevê a inclusão de ocupações que atualmente são exercidas de forma
clandestina. A melhoria da grade curricular dos cursos de formação também está
prevista no projeto.


ESCUDOS E CABINES BLINDADAS UTILIZADA NA SEGURANÇA PRIVADA.

Posted in MATERIAL DE APOIO on 12/02/2013 by SEGURANÇA PRIVADA DO BRASIL

Nós profissionais de segurança temos
como objetivo sempre a preservação e integridade físicas das pessoas e
patrimônios, sendo que  na maioria das
vezes  quando não estamos em rondas
ostensivas a pé ou motorizada  temos que
ficar em postos fixos, geralmente trata-se de uma portaria de visitantes,
portaria de carga e descarga,  guarita
próximos de cercas perimetrais ou escudo bancário, tudo elaborado através de um
plano de segurança, que irá sempre visar a melhor visualização do local vigiado
bem como da qualidade do serviço prestado, lembrando-se sempre da  integridade física e psicológica do
profissional, evitando assim que o mesmo fique exposto as intempéries do tempo
e desprotegido de uma possível ação criminosa.
Preocupada na segurança desses profissionais
temos no mercado hoje uma empresa especializada na fabricação de escudos e
cabinas para vigilância com proteção à prova de balas, blindagens para
edifícios, tesourarias, casas lotéricas, indústrias e similares, a mais
conhecida empresa e que está a mais de 20 anos no mercado é a Blindada.
Abaixo veremos alguns dos produtos
fabricados por esta conceituada empresa e que geralmente vemos em agências
bancárias, indústrias e comércio.




 
ESCUDO COM COSTADO REVESTIDO COM FIBRA

Fabricado em
dupla chapa de aço alta resistência, composto por duas partes frontal e costado
formando uma proteção de 360º sobre base de elevação que acopla cofre de guarda
de armas, revestido com capa de fibra de vidro proporcionando melhor acabamento
e maior capacidade de absorção de projéteis no anti-ricochete. Acompanha
banqueta estofada com regulagem de altura e apoio para os pés.

 

ESCUDO COM COSTADO

Fabricado em
dupla chapa de aço alta resistência, composto por duas partes frontal e
costado, formando uma proteção de 360º sobre base de elevação que acopla cofre
de guarda de armas tendo acabamento com primmer anti-ferrugem e demãos de
esmalte sintético na cor solicitada. Acompanha banqueta estofada com regulagem
de altura e apoio para os pés.

 

ESCUDO STANDARD

Fabricado em
dupla chapa de aço alta resistência, composto por base de elevação de 400 mm
com cofre (guarda arma) acoplado e proteção frontal. Acompanha banqueta
estofada com regulagem de altura e apoio para os pés, além de piso
emborrachado.


 

ESCUDO STANDARD (CILÍNDRICO)

Fabricado em
dupla chapa de aço alta resistência, composto por base de elevação de 200 mm e
proteção frontal. Acompanha banqueta estofada com regulagem de altura e apoio
para os pés, além de piso emborrachado.

CABINE BLINDADA CILÍNDRICA

Fabricada em
dupla de aço alta resistência, sistema desmontável, com 2100 mm altura,
diâmetro externo de 1200 mm, visores com onze vidros blindados de segurança,
seteiras permitindo ângulo de tiro de 360º, porta lateral com fechadura e trava
de segurança. Montagem modular com isolamento termo acústico e piso interno
emborrachado.

Acabamento
em duas opções:

1º com
primmer anti- ferrugem com demãos de esmalte sintético na cor solicitada;


revestimento externo em aço inoxidável polido ou escovado. Acessórios: poltrona
giratória com regulagem de altura, ventilador, exaustor com cúpula externa, luz
fria e mesa de apoio. Modelo com opção de elevação na altura desejada, com base
de sustentação, escada marinheiro e chapéu tipo chinês para áreas externas.

 

 
CABINE BLINDADA QUADRADA

Fabricada em
dupla de aço alta resistência, sistema desmontável, com módulos de 1200 mm por
1200 mm e 2100 mm de altura, visores com quatro vidros blindados de segurança,
seteiras permitindo ângulo de tiro de 360º, porta lateral com fechadura e trava
de segurança. Montagem modular com isolamento termo acústico e piso interno
emborrachado.

Acabamento
em duas opções:

1º com
primmer anti-ferrugem com demãos de esmalte sintético na cor solicitada;


revestimento externo em aço inoxidável polido ou escovado. Acessórios: poltrona
giratória com regulagem de altura, ventilador, exaustor com cúpula externa, luz
fria e mesa de apoio. Modelo com opção de elevação na altura desejada, com base
de sustentação, escada marinheiro e chapéu tipo chinês para áreas externas.

 

 
CABINE BLINDADA GUICHÊ DE ATENDIMENTO

Fabricada em
dupla de aço alta resistência, sistema desmontável, perfilada nas medidas de
um, dois ou três guichês de atendimento, caixilhos com vidros blindados de 600
mm x 600 mm, porta lateral com fechadura e trava de segurança, mesa acoplada
para atendente com vão de passagem de documentos e notas que proporcionam
segurança, mesa/balcão de apoio ao cliente atendido, piso emborrachado, dotada
de exaustor com cúpula, arandela com luz fria, poltrona giratória com regulagem
de altura, acabamento com primmer anti-ferrugem e demãos de esmalte sintético
na cor solicitada.

 
CABINE DE FIBRA

Cabine
quadrada fabricada em fibra de vidro com 1m x 1m x 2,10 m de altura, com chapéu
chinês, porta traseira e três janelas tipo guilhotina para atendimento.
Acabamento com gel primmer e demãos de tinta poliéster na cor solicitada.
Acompanha poltrona giratória com regulagem de altura, arandela com luz fria e
mesa de apoio, devido ao baixo custo financeiro é a mais utilizada nas empresas que prestam segurança privada ou orgânica.